1 ano de Pix: solução ajuda quase 8 milhões de negócios

Share:

Empreendedores contam como ganharam em agilidade, gestão e na redução de custos ao usar o Pix em suas contas PJ.


O Pix acaba de completar um ano. As transações no mês de seu lançamento até que começaram discretas: em novembro de 2020, foram 33 mil Pix realizados ou recebidos. O último número divulgado pelo Banco Central, no entanto, mostra o impacto da solução no mercado: somente em outubro de 2021, as transações chegaram a mais de 1 bilhão.

Os dados são atualizados mensalmente e mostram que há mais de 104 milhões de brasileiros (62% da população adulta) utilizando o serviço, que não tem limite de dia ou hora para transferências. Os benefícios para as empresas também são evidentes e, por isso, hoje há mais de 7,9 milhões de contas PJ cadastradas.

Preparamos o vídeo abaixo para você relembrar as principais vantagens de usar o Pix no seu negócio. Em seguida, vamos te contar como o Pix ajudou empreendedores na prática!

‘Hoje 80% dos meus recebimentos são por Pix’

Fisioterapeuta especializado em osteopatia, uma terapia manual que busca o equilíbrio do corpo, Felipe Sanches atende cerca de 30 pacientes por mês em seu consultório em Indaiatuba, interior de São Paulo. Ele diz que abriu uma conta PJ no BTG+ business – onde recebe pelas suas consultas – porque precisava de uma opção fácil de receber e pagar e ainda ter todos os custos do consultório centralizados.

“Hoje 80% dos meus recebimentos na conta são por Pix. Muita gente prefere essa modalidade porque não tem tarifa e, para mim, ter os pagamentos eletrônicos e o dinheiro instantaneamente facilita na gestão”, conta o fisioterapeuta.

Além de usar o Pix para receber de seus clientes, Felipe diz pagar por cursos e mentorias através da solução, que não tem nenhuma taxa na conta PJ do BTG+ business. “Quem ministra os cursos tem o costume de já passar a chave Pix, e como estou me desenvolvendo pela minha empresa, pago através da mesma conta”, diz Felipe.

Apesar da pandemia ter atrapalhado os negócios – com atendimento reduzido de pacientes -, sua perspectiva é lotar a agenda em 2022, atuar como monitor na Escola de Madrid, além de continuar estudando técnicas de desenvolvimento pessoal e coaching para ajudar os pacientes a atingirem o bem-estar tanto físico quanto emocional.

‘Ganhamos agilidade na entrada de recursos e diminuímos os gastos’

Clayton Pinheiro é mantenedor no COC São José dos Campos, uma escola de Ensino Médio e Cursos Preparatórios para o Vestibular, em operação desde 2004. O empreendedor conta que começou a usar o Pix principalmente para recebimentos, o que facilitou a gestão de recebíveis da escola.

“A circulação de dinheiro em espécie ficou reduzida a quase zero, ganhamos agilidade na entrada de recursos e diminuímos os gastos com emissão de boletos”, afirma, concluindo as vantagens de ter cerca de 30% de seus recebimentos ocorrendo via Pix. Ao usar a plataforma do BTG+ business, Clayton diz que a interface interativa é o que mais facilita a operacionalização e o controle da conta.

Os desafios com a pandemia também foram vividos por Clayton, que teve que fechar a escola por completo e adequar as aulas para o sistema 100% digital em tempo recorde. Conforme as liberações dos órgãos competentes foram acontecendo, o COC SJC passou a atuar em um sistema híbrido e hoje já voltou a atender 100% presencialmente.

“Passamos por momentos bem difíceis no nosso segmento e teremos desafios ainda não enfrentados pela nossa geração. São praticamente dois anos de déficit no aprendizado e nossos trabalhos surtirão efeitos no médio e longo prazo. Nossa esperança é de dias melhores e seguiremos fazendo a nossa parte, que é educar para transformar”, finaliza.

Quer usar o Pix de forma ilimitada e sem custo para a sua empresa? Acesse www.btgmaisbusiness.com e abra a sua conta digital PJ!