Casal de empreendedores conta como alavancar as vendas pelo WhatsApp

Share:

Melhor Pudim do Mundo: negócio começou com uma brincadeira, faturou R$ 1 milhão em um ano e hoje tem 60% das vendas feitas pelo WhatsApp.


Quem dera se a queda do WhatsApp afetasse apenas nossas mensagens pessoais. Com o surgimento do WhatsApp Business, a rede aparece hoje como o maior mecanismo de venda para 72% dos pequenos negócios que vendem online, segundo pesquisa da Serasa Experian.

A Melhor Pudim do Mundo, empresa fundada pelo chef Adriano Akkari e que faturou R$ 1 milhão em menos de um ano, tem pelo menos 60% de suas vendas feitas pelo WhatsApp. Luciana Coca Akkari, empreendedora há 10 anos em frentes de beleza e moda, também conta que fazia em média 40 vendas por dia pela rede com sua marca de camisetas, sendo que 85% dos clientes vinham pela plataforma.

Ao conversar com o casal de empreendedores, reunimos dicas de Luciana sobre as vendas pelo WhatsApp Business, enquanto ouvimos de Adriano a história de como uma brincadeira entre irmãos se transformou no negócio mais lucrativo de sua família.

Da brincadeira ao negócio de sucesso

“Em um Natal, compramos um pudim para a família e falei que fui eu quem fiz. Todo mundo elogiou, até que minha esposa falou para o meu irmão que não era meu”, conta Adriano. “Eu apostei que o meu era ainda melhor e que assim que ele voltasse de viagem, provaria. Mas eu nunca tinha feito pudim na vida”.

Adriano, que até então fazia faculdade de gastronomia, passou um mês aprimorando sua receita de pudim todas as noites. “Até que cheguei à receita que tenho hoje. Quando meu irmão provou, disse que realmente era o melhor que já tinha comido na vida”.

O sucesso foi tão grande que a sobremesa começou a se popularizar entre os amigos do irmão, o jogador profissional de poker André Akkari. “Foi quando o dono de um estabelecimento comercial falou que o meu pudim era o melhor do mundo e me incentivou a abrir uma empresa para que eu fosse seu fornecedor”.

A indicação boca a boca fez com que a demanda crescesse rapidamente, o que levou o chef a investir todo o lucro do pudim em uma fábrica própria em 2019, na Zona Leste de São Paulo. “Demorava horas para fazer os pudins em fogo convencional e, para aumentar a capacidade de produção, montei minha cozinha industrial”, diz Adriano, que hoje faz 15 mil unidades do pudim por mês.

WhatsApp Business alavanca as vendas

Luciana Akkari, que fica na linha de frente do marketing e do contato com os clientes do Melhor Pudim do Mundo, afirma que o WhatsApp é o canal de vendas que mais dá resultado para o negócio. “A gente abriu Rappi, iFood, o site e Instagram do Melhor Pudim do Mundo, mas o WhatsApp é o contato mais próximo que o cliente tem e gostamos de concentrar os pedidos ali”.

Para ela, o cliente quer praticidade na hora de fazer a encomenda e prefere o canal para fazer o pedido rapidamente e de uma forma segura. “Os clientes conseguem fazer o próprio carrinho de pedidos dentro do WhatsApp, o que agiliza bastante”.

5 dicas para usar o WhatsApp Business em seu negócio

Para finalizar o papo, separamos algumas dicas de Luciana para você, que também empreende e quer expandir suas vendas com o WhatsApp:

Leia também: