Conheça as mulheres que ajudam a desenvolver o BTG+ business

Share:

Profissionais de TI compartilham os desafios de construir uma plataforma de inovação para o empreendedor.


“Não é só olhar código, é se envolver na tomada de decisão. Tenho a oportunidade de poder explorar novos caminhos e tecnologias em uma plataforma que eu ajudei a construir” – Ariella Brambila, líder técnica de desenvolvimento.

“Não é porque eu sou cientista de dados que fico somente na minha função. Discuto o que faz sentido para o cliente e, assim, vejo o impacto do meu trabalho” – Letícia Cremasco, cientista de dados.

“Fizemos entregas muito importantes no time de tecnologia em meio à pandemia, fora os projetos de impacto social. Tem sido muito desafiador” – Clóris Macedo, project manager.

“O desafio com produtos digitais é muito grande, porque o mercado é muito dinâmico. Conseguimos entregar valor em um produto que realmente muda a vida de empreendedores” – Ana Zan, product owner.

“Não é que a gente fica desenvolvendo e não lança nada em produção. A gente sempre lança novos produtos, em uma plataforma com novas tecnologias e com clientes usando” – Nadezhda Andrushchenko, desenvolvedora full stack.

Ariella, Letícia, Clóris, Ana e Nadezhda são algumas mulheres que trabalham na área de tecnologia do BTG+ business, plataforma de soluções para pequenos e médios empreendedores. Perguntamos a elas quais são os desafios de trabalhar com TI e as motivações de atuar com foco em inovação. Assista e descubra o que elas disseram:

Leia também: 

Acesse www.btgmaisbusiness.com e conheça todas as soluções para PMEs.