Conheça três projetos promovidos agora para auxiliar PMEs na pandemia

Share:

Programas do Sebrae, CIEDs e WhatsApp incentivam jornadas digitais e de inovação para aumentar as vendas usando a tecnologia.


Mais de um ano se passou e os pequenos negócios ainda sentem os efeitos da pandemia. A 11ª pesquisa do Sebrae sobre o tema mostra que 79% ainda relatam perdas no faturamento, índice que se mantém desde fevereiro de 2021.

Diante dos desafios, algumas instituições de desenvolvimento e apoio a PMEs seguem lançando projetos para auxiliar na retomada dos negócios. Separamos três programas promovidos neste mês para você conhecer melhor:

Up Digital

O programa foi criado pelo Sebrae como uma jornada digital para os donos de pequenos negócios e tem a expectativa de atender mais de 10 mil empreendedores até o fim de 2021. São 10 dias de encontros virtuais e individuais, que ensinam como usar as ferramentas digitais de acordo com as necessidades de cada empresa.

A ideia é alavancar as vendas na internet, visto que 73% das PMEs já vendem online na pandemia, porém 66% ainda estão em estágio inicial no processo de digitalização. Quem é MEI, produtor rural, artesão ou tem uma ME ou EPP pode se inscrever para as novas turmas abertas para o segundo semestre do ano.

Catalisa MPE

Outra iniciativa do Sebrae, anunciada durante a Campus Party 2021, é o programa Catalisa MPE. Ele visa incentivar o relacionamento entre os negócios mais tradicionais e as startups, aumentando a presença de soluções tecnológicas e, consequentemente, a competitividade de ambos no mercado.

Dessa forma, padarias, mercadinhos e outros pequenos empreendimentos podem evoluir com novas tendências de negócio. Mais detalhes devem ser divulgados em breve e, assim como o já existente Catalisa Corp, o projeto deve promover a inovação aberta, ou seja, envolver recursos colaborativos entre mais pessoas, empresas e órgãos públicos.

Conecta+ Brasil

Junto com o WhatsApp, o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS) criou o Conecta+ Brasil para ensinar boas práticas comerciais aos empreendedores, especialmente de periferias e, assim, influenciar positivamente o cenário de recuperação econômica.

“Acreditamos que o empreendedorismo vai além de abrir um negócio. Tem também o potencial de ser um forte agente de mudança”, afirma Vandré Brilhante, presidente do CIEDS.

Além das capacitações específicas para o uso da ferramenta gratuita WhatsApp Business, quem se inscrever também terá acesso a treinamentos de inovação, criatividade, finanças pessoais e para negócios. Ao fim do programa, os empreendedores recebem uma certificação e podem se conectar a uma rede nacional de formação continuada.

Leia também: