Quem pode ser MEI em 2022?

Share:

Conheça o formato empresarial e saiba as mudanças previstas para o ano que vem.


O MEI é um formato empresarial que foi criado pela Lei Complementar nº128 para que pequenos empreendedores pudessem se formalizar.  O modelo simplificado permite que o autônomo tenha o próprio CNPJ, acesso aos benefícios da Previdência Social e também consiga emitir notas fiscais para o cliente.

O Microempreendedor Individual (MEI) tem diversos benefícios, mas é importante ficar atento se o empreendimento atende às exigências do formato. Por isso, se você quer ser MEI, confira os principais requisitos:

Faturamento anual de até R$ 81.000 ou proporcional de acordo com o mês de abertura.
Média de faturamento mensal de R$ 6.750.
Você não pode ser sócio ou ter outro empreendimento.
O MEI pode ter até um funcionário.

É importante também ficar atento se o segmento do seu empreendimento se encaixa na lista de ocupações permitidas pelo MEI. Após a verificação de todos os pontos citados, confira o passo a passo para abertura e os documentos necessários:

Mudanças no MEI em 2022

A partir de janeiro de 2022, o Microempreendedor Individual pode ter um aumento no seu faturamento. O Projeto de Lei Complementar (PLP) 108/2021 tem como objetivo mudar o teto de faturamento para R$ 130 mil anual e a regra para funcionário. Confira:

O MEI vai poder faturar até R$ 10.833 por mês.
Poderá ter até dois funcionários.

Caso as mudanças aconteçam, o MEI será beneficiado e o formato empresarial poderá servir para outros empreendedores que não se encaixam nas regras atuais.

Leia mais: