Saiba como reduzir os custos da sua empresa na pandemia

Share:

Confira 5 dicas importantes para reduzir os custos e melhorar financeiramente.


A redução de custos tem sido o objetivo da maioria das empresas. Muitas marcas sentiram essa necessidade com a pandemia, já que manter a estratégia de administração, de vendas e de marketing não era mais uma realidade lucrativa como antes.

Pode não parecer uma tarefa simples, mas existem estratégias que ajudam a sua empresa a permanecer estável e até mesmo a conseguir crescer durante o período de pandemia.

Entrevistamos o professor Lawrence Chung Koo, do departamento de Administração da PUC/SP, e separamos algumas dicas para ajudar você nessa jornada. Podemos adiantar que uma das principais mudanças deve acontecer nos setores de comunicação, marketing e sistemas internos. Confira:

1. Invista nas redes sociais

“Hoje nenhuma empresa pode atuar de forma eficiente sem entrar no ciclo de marketing digital. Usar o Instagram, por exemplo, é fundamental para divulgar os seus produtos, assim como elaborar um novo ciclo comercial e conclusão da venda por meio de e-commerce ou Live Commerce. Um bom exemplo de sucesso é o Magazine Luiza, que investiu em startups durante a pandemia e conseguiu adaptar a função das suas lojas físicas para a loja virtual”, afirma o professor Lawrence.

Além disso, a empresa que investe no atendimento e nas vendas online ainda consegue economizar com o aluguel de grandes espaços e atender clientes de regiões mais amplas.

2. Fique atento à comunicação da sua empresa

Ter uma comunicação eficiente entre gestores e colaboradores é essencial na rotina de uma empresa. Isso porque a marca que tem uma comunicação clara e sem ruídos consegue reduzir falhas em processos, atendimento e produção, ou seja, em áreas que podem acabar impactando financeiramente.

Investir no seu time também é fundamental. “Busque requalificar a sua equipe para que haja uma mudança de paradigma. Lembre que o aumento de produtividade depende do novo conhecimento do seu pessoal”, afirma Lawrence.

3. Aproveite e implemente o home office

O home office assustou no início da pandemia, mas já mostrou que veio para ficar e ainda trouxe diversos benefícios para empresas e colaboradores. Entre eles:

Benefícios para os colaboradoresBenefícios para empresas
Redução de custos com transporte e alimentação Redução de custos com aluguel, transporte e infraestrutura básica
Redução do estresse causado pelo trânsito e tempo de locomoçãoFacilidade para investir em franquias que não exigem pontos comerciais
Alimentação mais saudávelAumento de produtividade da equipe
Mais tempo para atividades pessoais e para as relações familiaresMenos impacto ambiental e social
Diminuição do estresse no ambiente de trabalhoRetenção de talentos

Uma pesquisa apresentada pela Global Evolving Workforce mostra que 54% dos profissionais entrevistados consideram ser mais produtivos trabalhando em casa.

4. Reflita sobre a mudança do modelo de negócio

Mudar a dinâmica da sua empresa também pode ser essencial para a diminuição de custos. “Levar as decisões importantes para as pontas dos setores torna a empresa mais ágil e a ajuda a ter escolhas melhores, pois os decisores estão mais perto das realidades da operação. Isso implica a revisão dos processos internos e da estrutura do que é definido”, explica Chung Koo.

5. Automatize seus processos e invista em tecnologia

“Essa mudança é eficiente de forma comprovada. As empresas que trabalham com o suporte de tecnologias, como, por exemplo, o sistema CRM (Customer Relationship Management) para a gestão de relacionamento com o cliente ou o ERP (Enterprise Resource Planning), ferramenta que pode melhorar muito o processo de gerenciamento de uma empresa, conseguem operar eficazmente com um quadro enxuto de colaboradores que absorvem de forma inteligente e ágil o retorno dos clientes, tomando boas decisões baseadas nos feedbacks” confirma o professor. 

Portanto, analise seus processos. Muitas vezes, investir proporcionará a redução de custos no futuro, principalmente quando falamos de tecnologia.

Leia mais sobre: