Saiba como se proteger de golpes envolvendo o Pix

Share:

Banco Central promove campanha de segurança contra as fraudes e você, empreendedor, também precisa se atentar.


O Banco Central (BC) está promovendo uma campanha de segurança contra golpes envolvendo o Pix. O meio de pagamento instantâneo e gratuito já foi adotado por grande parte dos brasileiros e segue oferecendo benefícios para as pequenas e médias empresas. Mas, apesar de toda a segurança envolvida, há quem utilize o Pix para tentar aplicar golpes.

E como a segurança digital é importante para os seus clientes, mas também para você, empreendedor, separamos as principais dicas para você se proteger.

Conheça os golpes mais comuns e veja como evitá-los

Invasão de conta

Acontece ao responder uma mensagem suspeita por SMS e WhatsApp, por exemplo, ou acessando uma página falsa na internet. É dessa forma que o golpista pode roubar seus dados de acesso e utilizar sua conta para desviar dinheiro por meio do Pix.

Central de atendimento falsa

Falar com uma central de atendimento falsa para assuntos de segurança, cadastramento ou problema relacionado ao Pix é mais uma forma de fragilizar os dados e permitir que golpistas consigam acesso ao seu celular, tablet ou computador.

Clonagem de WhatsApp

Os golpistas invadem o WhatsApp de um amigo, parente ou fornecedor da sua agenda e enviam mensagens para você transferir dinheiro por Pix. O pedido costuma vir acompanhado de uma história pessoal ou alerta de urgência no empréstimo.

Venda falsa

Aqui é quando o golpista anuncia uma venda mentirosa em alguma rede social, site de anúncio ou e-commerce. Depois de negociar, a vítima faz o pagamento por Pix, mas acaba não recebendo o produto. Esse alerta vale para os seus clientes, mas também para você se atentar ao comprar matéria-prima para os seus produtos.

Conforme alerta a campanha do BC, que vai até o dia 30 de abril, o Pix é novo, mas os golpes são antigos. Qualquer pessoa pode passar por essa situação e é por isso que as boas práticas do Pix e as dicas de segurança valem para todos. Para mais informações, acesse: https://www.bcb.gov.br/estabilidadefinanceira/pix

Leia também: